continuar saqueando o mundo - Mundo - iG" /

Castro afirma que capitalismo desenvolvido quer continuar saqueando o mundo

Havana, 31 out (EFE).- O ex-presidente cubano Fidel Castro assegurou hoje, em um novo artigo de sua coluna Reflexões, que o capitalismo desenvolvido ainda quer continuar saqueando o mundo como se o mundo pudesse suportá-lo, em referência à atual crise financeira internacional.

EFE |

Castro anotou que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) deu créditos aos bancos centrais de muitos países, aos quais "proporciona dólares em troca de reservas em moeda estrangeira", e assim "garante o poder econômico de sua moeda".

"O Fundo Monetário Internacional (FMI), que é o mesmo cachorro mas com uma coleira diferente, anuncia a injeção de elevadas somas a seus clientes da Europa Oriental", acrescentou Castro.

"As máquinas de imprimir notas não param, nem o FMI pára de fazer seus empréstimos leoninos", afirmou o líder cubano no artigo, divulgado pela imprensa oficial.

Castro disse que, em paralelo, o Fundo Mundial para a Natureza (WWF) advertiu "que ao ritmo atual de gastos, a humanidade precisaria de recursos de dois planetas em 2030 para manter seu estilo de vida".

"Não é preciso ser graduado em Matemática, Economia ou Ciências Políticas para compreender o que isso significa. É a pior variante.

O capitalismo desenvolvido quer ainda continuar saqueando o mundo como se o mundo pudesse suportá-lo", concluiu o líder cubano. EFE am/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG