Casos de pedofilia nos EUA custaram US$ 400 mi à Igreja em 2008

Washington, 14 mar (EFE).- A Igreja Católica dos Estados Unidos desembolsou mais de US$ 400 milhões, em sua maioria em indenizações, para enfrentar o problema dos sacerdotes pedófilos em 2008, segundo informa um relatório oficial.

EFE |

A Igreja investiu mais de US$ 23 milhões para lutar contra os abusos de menores, US$ 22 milhões em tratamento para as vítimas e US$ 374,4 milhões em indenizações pagas a cerca de 500 pessoas.

As despesas para 2008 foram 29% mais baixas em relação a 2007, após três anos consecutivos de aumento.

A grande maioria dos casos de abusos são de entre 35 e 45 anos atrás, sobretudo no período de 1970 a 1974, segundo o relatório, encarregado pela Conferência de Bispos Católicos dos EUA.

Durante 2008, a nota diz que foram feitas 620 denúncias de abusos cometidos em anos anteriores, mas apenas "dez novas denúncias críveis de abusos a pessoas que ainda têm menos de 18 anos de idade". EFE wm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG