Casos de gripe suína põem EUA em alerta

Atlanta (EUA), 24 abr (EFE).- Autoridades sanitárias nos Estados Unidos estão preocupadas com o aumento a oito casos no país da gripe suína em humanos e com informações sobre um surto da doença no México, que já matou 20 pessoas.

EFE |

"Não sabemos se o vírus da gripe suína ou outro vírus vai se tornar uma próxima epidemia, por isso que cientistas no mundo todo estão analisando o vírus. Estamos encarando esta ameaça seriamente", disse hoje em coletiva de imprensa Richard Besser, diretor dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

Besser reconheceu ser possível que ocorram mudanças nas recomendações conforme o avanço das pesquisas sobre o caso.

Os CDC, com sede em Atlanta, averiguam o surto de um tipo de gripe suína em humanos até agora desconhecida, em coordenação com autoridades estatais e locais de Califórnia e Texas, assim como com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e as autoridades mexicanas.

Segundo os CDC, aos sete casos sobres os que se informou originalmente nos estados da Califórnia e do Texas, se soma nesta sexta-feira um outro em San Diego.

Dos oito doentes, todos recuperados, seis residem no sul da Califórnia e dois na área de San Antonio, Texas, e apenas um deles viajou ao México. EFE mc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG