Casos de gripe sobem para 218 no Equador

Quito, 9 jul (EFE).- O número de infectados com a gripe suína subiu para 218 no Equador, país que confirmou o primeiro afetado em maio, informou hoje a Subsecretaria de Saúde do Litoral.

EFE |

Segundo essa instituição, foram registardo cerca de 100 casos na província de Guayas, cuja capital é Guayaquil (sudoeste), a cidade mais povoada do país e centro econômico do país.

Além disso, há casos confirmados, entre outros, na província de Pichincha, cuja capital é Quito, e nas províncias de El Oro, Manabí, Azuay, Cañar e Chimborazo.

A Subsecretaria indica que, como parte da coordenação entre o Subsecretariado Regional de Saúde e as direções provinciais da região, se mantém a estratégia de contenção.

Isso significa, explicou, localizar e dar tratamento médico oportuno dos casos registrados.

Funcionários de saúde "visitam os domicílios dos pacientes com sintomatologia suspeita, que depois de serem diagnosticados como influenza A (H1N1), recebem o remédio Tamiflu para sua recuperação progressiva", acrescentou.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE sm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG