Casos de gripe no Chile chegam a 250

Santiago do Chile, 31 mai (EFE).- O Governo chileno confirmou mais 26 casos de gripe suína, o que elevou para 250 o número de infectados pela doença no país, dos quais dois encontram-se em estado grave, mas estável.

EFE |

Os dois doentes em situação delicada são uma mulher de 38 anos, de Santiago, e um homem de 40, da região de Los Lagos. Apesar do quadro grave, ambos estão estáveis e respiram com a ajuda de aparelhos.

A partir de amanhã, o Ministério da Saúde do Chile mudará sua estratégia contra a gripe suína aperfeiçoando os critérios clínicos para a detecção de casos suspeitos e focando mais o tratamento de doentes.

Com isso, diminuirão progressivamente as barreiras sanitárias nos postos de fronteira, portos e aeroportos, já que, segundo nota do ministério divulgada ontem à noite, "o vírus já está instalado" no Chile.

Pelo mesmo motivo, também nos próximos dias, o controle de temperatura ao qual os passageiros se submetem no aeroporto internacional da capital será suspenso. Porém, todos os viajantes continuarão recebendo informação preventiva. EFE frf/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG