Londres, 1 jul (EFE).- O número total de casos de gripe suína no Reino Unido já chega a 6,538 mil, cerca do triplo dos registrados na semana passada, informou hoje, no Parlamento, o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown.

Na sessão semanal de perguntas ao primeiro-ministro na Câmara dos Comuns, Brown disse que, na semana passada, a quantidade de pessoas infectadas com a gripe era de 2,236 mil, o que obrigou o Governo a ter uma atitude mais "flexível" sobre as medidas que serão adotadas nas áreas onde houver um grande número de casos.

O líder disse que o comitê Cobra, que reúne os principais ministros para analisar situações de emergência, se reuniu esta manhã para analisar a extensão do vírus.

Brown disse que o Reino Unido está bem preparado para enfrentar uma pandemia de gripe suína e acrescentou que o ministro da Saúde britânico, Andy Burnham, fará amanhã uma declaração parlamentar.

"Acompanhamos muito de perto a situação, assegurando que são tomadas as medidas (necessárias), portanto, o Reino Unido está bem colocado para fazer frente a uma pandemia. Adaptaremos estas medidas conforme a situação mudar", acrescentou.

O Reino Unido registrou três mortes - uma mulher grávida, um idoso e uma menina de 9 anos - por causa da gripe suína.

No torneio de tênis de Wimbledon, 28 pessoas que trabalham neste evento foram obrigadas a permanecer em casa após apresentar sintomas de gripe, informaram hoje os organizadores.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE vg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.