Casos da gripe passam de 9 mil no Chile; mortos já são 21

Santiago do Chile, 7 jul (EFE).- As autoridades do Chile confirmaram hoje que 9.

EFE |

135 pessoas estão infectadas pela gripe suína no país, das quais 381 se encontram em estado grave, enquanto os mortos pela doença chegam a 21.

Segundo o relatório oficial, na última semana foi observado um aumento de casos confirmados nos menores de cinco anos, que concentram 14% das ocorrências; seguidos pelas crianças e jovens em idade escolar (5 a 19 anos), que representam 50%.

Nesta terça-feira, o Governo do Chile lançou um decreto que amplia as capacidades extraordinárias dadas ao Ministério da Saúde para enfrentar a gripe.

O ministro da Saúde do Chile, Álvaro Erazo, disse em coletiva de imprensa que o decreto entrará em vigor nos próximos dias e complementa um anterior que destinou 18 bilhões de pesos (US$ 33,64 milhões) para enfrentar a epidemia, que já se estende por todas as regiões do país.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE mc/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG