Tamanho do texto

Genebra, 13 mai (EFE).- Os casos de gripe suína no mundo comunicados até agora à Organização Mundial de Saúde (OMS) chegam a 5.

728 em 33 países, segundo o último balanço divulgado pela entidade.

O México notificou 2.059 ocorrências confirmadas da doença, 56 delas fatais.

Já os Estados Unidos informaram sobre 3.009 casos, sendo que três deles terminaram em morte.

O Canadá comunicou sobre 358 contaminados pela doença, sendo que um deles morreu. Na Costa Rica, são oito os casos, um deles fatal.

De acordo com os dados da OMS - que nem sempre correspondem aos dos Governos locais -, os demais países que notificaram casos, mas sem falecimentos, são: Brasil (8), Espanha (98), Reino Unido (68), Panamá (29), França (13), Alemanha (12), Itália (9), Nova Zelândia (7), Israel (7), Colômbia (6), Japão (4), El Salvador (4), Guatemala (3), Holanda (3), China (3) e Coreia do Sul (3).

Além destes, Noruega, Suécia, Tailândia e Finlândia apresentam dois casos cada, enquanto que Argentina, Austrália, Áustria, Cuba, Dinamarca, Irlanda, Polônia, Portugal e Suíça possuem uma ocorrência cada, segundo a OMS.

A entidade continua sem recomendar restrições a viagens por causa do vírus.

Apesar do nome, a doença não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE vh/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.