As autoridades chilenas confirmaram hoje que o número de casos de gripe suína no país somam 2.335, o número mais alto dentre as nações da América do Sul.

Segundo o Instituto de Saúde Pública chileno, 2,4% desse total precisou ser internado e 0,08% (dois casos) corresponde a vítimas fatais.

O Chile solicitou à Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 500 mil doses adicionais de antivirais, que se somarão às 950 mil das quais o país já dispõe.

Até agora, o Governo chileno não havia utilizado esse recurso, ao contrário de outros 72 países que já tinham encaminhado seus respectivos pedidos.

Especialistas assinalaram que, nas próximas semanas, o número de casos pode passar de dez mil, principalmente devido à chegada do inverno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.