Casos da gripe já passam de 6.600 na China

Pequim, 4 ago (EFE).- O número de casos da gripe suína na China e nas regiões administrativas especiais de Hong Kong e Macau já chega a 6.

EFE |

641, segundo o último relatório das autoridades de saúde locais.

O Ministério da Saúde chinês informou de 62 novos casos registrados até segunda-feira, com o que o número total contabiliza 2.152. Dos infectados, 1.988 já se recuperaram.

Segundo esses números, não houve nenhuma morte no continente, salvo o caso de uma paciente que morreu há semanas quando estava hospitalizada.

A ex-colônia britânica Hong Kong é a que registra o maior número de casos, 4.272, depois que nas últimas 24 horas foram confirmados 206 novos infectados.

Segundo Hong Kong, 49 doentes continuam em hospitais, quatro deles em situação crítica e um em estado grave.

A ex-colônia portuguesa Macau teve 13 novos casos nas últimas 24 horas, com o que o número total foi a 217.

A China aplica medidas estritas diante da pandemia, e isola de forma sistemática todos os estrangeiros que tenham estado em contato com infectados, tenham febre ou testem positivo para a gripe suína, que apesar do nome não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE mz/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG