Casos da gripe chegam a 4 no Chile

Santiago do Chile, 18 mai (EFE).- As autoridades de saúde chilenas informaram hoje sobre dois novos casos da gripe suína no país, elevando para quatro o total de afetados pela doença.

EFE |

As duas novas ocorrências correspondem a um menino de 6 anos e a uma mulher que chegou da República Dominicana junto com as outras duas cujos casos foram confirmados ontem.

A presidente chilena, Michelle Bachelet, contou que a criança contaminada pelo vírus teve contato recentemente com uma família que visitou o México, país onde se originou o foco da gripe.

Bachelet pediu tranquilidade e destacou o bom funcionamento de todas as medidas tomadas pelas autoridades de saúde.

Segundo Claudia González, chefe de epidemiologia do Ministério da Saúde chileno, o menino "se encontra em tratamento em sua residência e em boas condições", enquanto que a mulher foi hospitalizada, embora seu estado de saúde também seja bom.

As autoridades decretaram o fechamento da escola em que o menino estuda durante sete dias como medida preventiva.

González ressaltou que, até o momento, "não existe evidência de transmissão entre pessoas" dentro do Chile e disse que o caso do menor é um "fato isolado".

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE gs/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG