Casos da gripe beiram 56 mil no mundo; mortos já são 238

Genebra, 24 jun (EFE).- A extensão do vírus da gripe suína pelo mundo aumenta, e segundo os últimos dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), publicados hoje, já há 55.

EFE |

867 casos confirmados, dos quais 238 derivaram em morte.

Isso representa que nos dois últimos dias, desde o boletim anterior, foram 3.707 novos casos e sete mortes.

O maior número de casos segue sendo nos Estados Unidos, com 21.449 infectados, entre eles 87 mortes, estimativa que, no entanto, se manteve intacta nos últimos dois dias.

Por outro lado, o México, onde há confirmados 7.847 casos, viu aumentar as infecções em 223 desde o último relatório da OMS, com dois novos mortos, o que eleva o número total a 115.

No Canadá, foi informado sobre 747 casos mais e duas novas mortes, o que confirma uma rápida expansão nos últimos dias e eleva o total de ocorrências a 6.457, das quais 15 derivaram em morte.

Por número de infectados, o Canadá é seguido por Chile (4.315, estável desde o último boletim), Reino Unido (2.905, 399 casos novos), Austrália (2.857, 203 casos novos) e Argentina (1.213, 203 casos novos).

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE vh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG