Casal hondurenho é acusado de matar homem encontrado em mala na Espanha

Valência (Espanha), 25 jan (EFE).- Um juizado de Valência, no leste da Espanha, decretou prisão sem fiança aos dois hondurenhos detidos por supostamente estarem relacionados com a morte de um homem cujo corpo foi encontrado na terça-feira em uma mala, confirmaram fontes judiciais.

EFE |

Os dois hondurenhos, um homem de 24 anos e uma mulher de 39, que seriam namorados, foram detidos na própria terça-feira, depois que a filha da detida denunciou o desaparecimento do namorado, cuja descrição coincidia com o corpo achado na capital valenciana.

O cadáver, encontrado por acaso por uma moradora que passeava com o cachorro, apresentava seis ferimentos de arma branca e sinais que evidenciavam que poderia ter sido torturado. EFE mac/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG