Casal é preso na França acusado de maltratar seus oito filhos

Paris, 14 abr (EFE).- A Polícia francesa prendeu um casal acusado de maltratar seus oito filhos, os quais mal eram alimentados porque, segundo o pai deles, a magreza é um sinal de purificação.

EFE |

O caso, que foi divulgado hoje pela imprensa francesa, foi descoberto graças à fuga de um dos filhos do casal, residente na região de Perpignan, no sudeste da França.

O jovem, de 16 anos, medindo 1,65 metro e pesando apenas 32 quilos, estava descalço, com a cara ensanguentada, e revirava o lixo quando pessoas pediram ajuda à Polícia, segundo relatou hoje à rádio "France Info" o procurador da República em Perpignan, Jean-Pierre Dréno.

Uma investigação foi aberta e a residência dos pais foi visitada pela Polícia. Eles foram detidos e posteriormente presos acusados de maus-tratos a menores.

Segundo a promotoria, o pai, de confissão muçulmana, frequentemente promovia castigos físicos contra seus oito filhos, de entre 7 e 17 anos, três dos quais tiveram que ser hospitalizados por causa de desnutrição grave.

O homem justificava sua atuação argumentando que a magreza é um sinal de êxito e de purificação do espírito.

Os investigadores descobriram que a residência da família mal tinha mobília e, no lugar de camas, contava com cobertores jogados pelo chão, onde os menores dormiam. EFE pi/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG