Casal é acusado de agredir e privar de alimentação seus 8 filhos na França

Um casal de cerca de 50 anos foi acusado no sul da França de maus-tratos e de agressões habituais contra seus oito filhos, dos quais dois adolescentes pesando apenas 22 quilos, anunciou nesta terça-feira a justiça.

AFP |

Colocados em prisão preventiva no sábado, os pais, de 49 e 50 anos, foram acusados de privação de alimentos e de cuidados a ponto de terem comprometido a saúde das crianças, explicou o procurador encarregado do caso, Jean-Pierre Dréno.

Eles também são processados por terem cometido agressões habituais contra os filhos, acrescentou Dréno durante uma entrevista coletiva à imprensa.

Os policiais foram no sábado à residência do casal em Banyuls-sur-Mer (sul), depois de terem sido informados de que um dos filhos, um menino de 13 anos, medindo 1,65 m e pesando apenas 32 kg, havia sido encontrado revirando lixeiras à procura de comida.

A criança tinha sinais de agressão no rosto e nos braços. Duas filhas do casal, de 15 e 13 anos, pesavam somente 22 kg, segundo os investigadores.

Durante a sua prisão preventiva, o pai, um francês de origem marroquina, muçulmano fervoroso, teria dito que o emagrecimento era um sinal da educação bem-sucedida de seus filhos e que seria preciso purificá-los.

Três das oito crianças vivem na casa da família, as mais desnutridas, foram hospitalizadas. Uma psicóloga foi acionada para as crianças, que têm de 7 a 17 anos.

Um nono filho do casal, maior de idade, não vive mais na casa dos pais.

cor-ar/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG