Casal de paramilitares desmobilizados e bebê são assassinados na Colômbia

Bogotá, 19 set (EFE).- Um casal de paramilitares desmobilizados e seu bebê de 11 meses foram assassinados no município colombiano de San Roque (noroeste), informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O prefeito da cidade, Javier Alberto López, confirmou que o casal e o bebê morreram por volta das 23h locais desta quinta-feira (1h de Brasília de hoje) assassinados por desconhecidos em uma área urbana.

O casal havia se desmobilizado em agosto de 2005 junto com 2.033 homens de um bloco das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC, de extrema-direita).

Um relatório da Organização dos Estados Americanos (OEA) divulgado em julho último indicou que 819 paramilitares colombianos que se desmobilizaram no processo de paz estipulado com o Governo foram assassinados.

As AUC e o Governo do presidente colombiano, Álvaro Uribe, realizaram um processo de paz entre 2003 e 2006 que concluiu com a dissolução da organização e a desmobilização de cerca de 31 mil combatentes, sob amparo da Lei de Justiça e Paz do país.

Em maio passado, no entanto, o Governo concedeu extradição para os EUA de 14 ex-líderes paramilitares reivindicados em território americano por acusações de narcotráfico. EFE fer/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG