Casal britânico é preso em Dubai por sexo fora do casamento

DUBAI (Reuters) - A polícia de Dubai disse nesta terça-feira que não encontrou evidências que apoiassem o relato de uma britânica de que ela foi estuprada por um garçom no emirado do golfo árabe, mas prendeu a mulher e seu namorado por fazerem sexo fora do casamento. Esse é o segundo caso em apenas um ano no qual britânicos estampam manchetes ao descumprir leis que proíbem o sexo fora do casamento em Dubai, um emirado muçulmano popular entre turistas ocidentais sedentos por sol.

Reuters |

A mulher de 23 anos e seu namorado de 44 estavam em Dubai como turistas quando foram à polícia se queixar de que ela havia sido estuprada por um garçom sírio no banheiro do bar de um hotel, disse Khamis al-Muzinah, vice-comandante da polícia de Dubai, à Reuters.

"A polícia não encontrou nenhuma prova de que algo aconteceu no banheiro", disse Muzinah.

A investigação descobriu que a britânica estava muito bêbada e que um garçom indiano ajudou-a a chegar até o banheiro, onde havia duas funcionárias do hotel, disse Muzinah.

Ela teria vomitado várias vezes e dormido em uma cadeira antes de ser levada até seu namorado por uma das funcionárias.

Durante o interrogatório no dia seguinte, a mulher disse à polícia que estava dividindo um quarto de hotel com o namorado e que eles fizeram sexo, o que fez o casal ser preso.

"Eles foram acusados de fazer sexo sem serem casados", disse Muzinah, acrescentando que a polícia agora passou o caso para o promotor público, que vai decidir se levará o caso a julgamento. O casal responde em liberdade.

(Reportagem de Raissa Kasolowsky)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG