Casa Branca prevê déficit fiscal mais alto que o calculado

Washington, 11 mai (EFE).- O déficit fiscal para o presente ano fiscal nos Estados Unidos será US$ 89 bilhões maior que o calculado inicialmente, devido ao panorama econômico, revelou hoje a Casa Branca.

EFE |

Segundo os números divulgados hoje, o déficit alcançará agora US$ 1,84 trilhão para o ano fiscal 2009, o que representa 12,9% do Produto Interno Bruto (PIB).

Os cálculos iniciais da Casa Branca, tornados públicos em fevereiro, tinham apontado um déficit de US$ 1,75 trilhão, 12,3% do PIB.

O diretor do Escritório de Gestão e Orçamento da Casa Branca, Peter Orszag, afirmou em seu blog que o aumento no cálculo se deve a uma diminuição da receita por impostos do Estado perante a crise econômica e o aumento dos pagamentos de ajudas a desempregados.

Segundo Orszag, o Departamento do Tesouro calcula que neste ano e em 2010 o Estado receberá entre US$ 30 e 50 bilhões a menos que o calculado inicialmente.

O Escritório de Gestão e Orçamento também revisou em alta o déficit fiscal do próximo ano fiscal, que prevê que seja de US$ 1,26 trilhão, 8,5% do PIB.

O número é agora US$ 87 bilhões mais alto que em fevereiro, quando o cálculo era de US$ 1,17 trilhão.

O presidente dos EUA, Barack Obama, tinha apresentado uma proposta de orçamento para o próximo ano de US$ 3,55 trilhões, que após a revisão de agora fica em US$ 3,59 trilhões.

Obama também apresentou uma série de medidas para evitar a evasão de impostos.

Ao longo do dia, o presidente participará também de um encontro para expor como tornar mais eficiente o atual sistema de saúde e, com isso, economizar mais dinheiro público. EFE mv/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG