Casa Branca pede a Paquistão que coopere com Índia

A Casa Branca exortou nesta quinta-feira o Paquistão a cooperar com a Índia na investigação dos atentados em Mumbai, que deixaram 188 mortos e avivaram as tensões entre estas duas potências nucleares.

AFP |

"O Paquistão precisa cooperar em total transparência com a Índia, e manter aberta a linha de comunicação entre Islamabad e Nova Délhi", afirmou a porta-voz da Casa Branca Dana Perino.

"Nós continuaremos fazendo de tudo para que isso aconteça", garantiu.

Depois de uma reunião, nesta quinta-feira, com a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, o presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, destacou em comunicado que atuará firmemente contra qualquer suspeito de envolvimento nos ataques de Mumbai que esteja presente em seu território.

"O Paquistão está determinado a garantir que ninguém utilize seu território como base para cometer atos de terrorismo", afirmou.

Pelo menos 188 pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas na semana passada em uma série de atentados perpetrada por uma dezena de extremistas islâmicos, um episódio batizado pela imprensa de "11 de setembro indiano", em referência aos atentados de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos.

ok/yw/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG