Casa Branca nega candidatura de Hillary Clinton a vaga na Suprema Corte

Washington, 12 abr (EFE).- A Casa Branca negou hoje que vá oferecer à atual secretária de Estado americana, Hillary Clinton, a futura vaga na Suprema Corte dos Estados Unidos, que será deixada pelo juiz John Paul Stevens no meio do ano.

EFE |

Em entrevista coletiva realizada antes da abertura da Cúpula sobre Segurança Nuclear realizada, que começa hoje em Washington, o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, afirmou que o presidente americano, Barack Obama, não tem a intenção de mudar a ocupação de Hillary.

"O presidente pretende mantê-la como secretária de Estado", assegurou Gibbs.

O boato ganhou força quando dois senadores mencionaram a "possível" candidatura da secretária de Estado em declarações a uma rede de televisão.

Stevens, o juiz mais velho e mais progressista dos nove magistrados da Suprema Corte americana, anunciou na sexta-feira sua intenção de aposentar-se 11 dias antes de completar 90 anos.

Entre os nomes cotados para substituir Stevens estão os do juiz de apelações Sydney Thomas, do estado de Montana; o da secretária de Segurança Nacional, Janet Napolitano; e o da procuradora-geral Elena Kagan. EFE mla-mv/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG