Casa Branca mostra preocupação com detenção de jornalistas no Zimbábue

Bucareste, 4 abr (EFE).- A Casa Branca expressou hoje sua preocupação com a apresentação de acusações contra dois jornalistas estrangeiros no Zimbábue, entre eles o correspondente do jornal The New York Times Barry Bearak.

EFE |

Em declarações à imprensa em Bucareste, onde o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, participa da cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Gordon Johndroe, disse que "estão preocupados com os relatórios no terreno que ouvimos no Zimbábue".

"Deveria ser permitido aos jornalistas e as ONGs desenvolver seu trabalho", acrescentou Johndroe.

A apresentação de acusações - por trabalhar sem credenciamento - contra Bearak e seu colega, cujo nome não foi divulgado, ocorre no momento em que ainda são uma incógnita os resultados das eleições do sábado passado no Zimbábue. EFE mv/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG