firme do plano de resgate financeiro - Mundo - iG" /

Casa Branca espera supervisão firme do plano de resgate financeiro

Nova York, 22 set (EFE).- A Casa Branca espera uma firme supervisão do plano de assistência ao sistema financeiro dos Estados Unidos que é negociada com o Congresso, avaliado em cerca US$ 700 bilhões.

EFE |

Em declarações em Nova York, onde o presidente George W. Bush participará amanhã da Assembléia Geral da ONU, o porta-voz da Casa Branca Tony Fratto disse esperar "que haverá uma supervisão firme e transparente, como deve ser".

"Claro, achamos que uma supervisão sólida é imprescindível" para o sucesso do plano, ressaltou o porta-voz.

Fratto insistiu sobre a necessidade de que o Congresso, de maioria democrata, aprove o mais rápido possível o plano de resgate proposto pelo Departamento do Tesouro, perante a delicada situação do sistema financeiro.

"É imprescindível que o Congresso complete sua ação sobre o plano de resgate do Tesouro para que possa ser iniciado o mais rápido possível", disse.

Hoje, a Casa Branca aceitou algumas das propostas dos líderes democratas para o programa de resgate dos bancos, segundo Barney Frank, presidente do Comitê de Serviços Financeiros da câmara baixa.

Frank disse à imprensa que o secretário do Tesouro, Henry Paulson, tinha aceitado a criação de um comitê de supervisão que vigiará o uso dos US$ 700 bilhões destinados a comprar as dívidas de má qualidade dos bancos.

Segundo Frank, os democratas também o convenceram de que o Governo deve obter participações nas empresas às que ajude. "Desta forma, se a companhia se tornar rentável, receberemos um pouco mais", explicou.

Além disso, o Tesouro reconheceu, segundo Frank, que é necessário dar mais assistência aos proprietários de imóveis que correm o risco de perder o teto porque não são capazes de fazer frente aos pagamentos. EFE mv/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG