Casa Branca desmente acordo sobre retirada do Iraque em 2011

A Casa Branca desmentiu nesta sexta-feira que os negociadores de Washington e Bagdá tenham alcançado um acordo prevendo a retirada total de tropas americanas do Iraque no final de 2011.

AFP |

"Há ainda discussões em curso", declarou em Crawford (Texas, sul) o porta-voz, Gordon Johndroe, ouvido sobre declarações iraquianas segundo as quais teria havido um acerto.

Antes dessa resposta, o chefe dos negociadores iraquianos sobre a situação futura das tropas americanas no Iraque, Mohammed al-Haj Hammud, havia dito que o trabalho dos negociadores teria sido concluído, estando, então, "nas mãos dos dirigentes políticos iraquianos".

" No fim 2011, as tropas americanas deixarão o Iraque ", destacou, indicando ainda que existe uma cláusula segundo a qual a retirada pode acontecer antes de 2011 ou a presença pode ser prolongada para depois de 2011 em função da situação.

As negociações sobre o status futuro das tropas americanas no Iraque (Sofa, Status of Forces Agreement) começaram em fevereiro e deveriam ter terminado no fim de julho, mas a complexidade das questões e as divergências, principalmente sobre um calendário de retirada das tropas americanas, vêm atrasando a redação de um acordo.

Os EUA têm atualmente 142.000 soldados no Iraque.

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG