A Casa Branca saudou neste domingo a aprovação pelo governo iraquiano do acordo de segurança com os Estados Unidos que prevê a retirada total das tropas americanas do Iraque até o fim de 2011, estimando que a negociação foi um passo importante e positivo.

"Saudamos a aprovação do acordo por parte do governo iraquiano de hoje (domingo). É um passo importante e positivo", indicou o porta-voz da Casa Branca, Gordon Johndroe, em um comunicado.

"Mesmo que o processo ainda não tenha terminado, temos esperança e confiamos no fechamento de um acordo que será bom tanto para o povo do Iraque como para o dos Estados Unidos, e enviará uma mensagem para a região e para o mundo inteiro de que nossos dois governos querem um Iraque estável, seguro e democrático", afirmou.

Após quase um ano de duras negociações, o governo iraquiano aprovou neste domingo um acordo, negociado entre Bagdá e Washington, que prevê a retirada total dos 152.000 miliatres americanos espalhados pelo Iraque até o fim de 2011.

O acordo foi aprovado por 28 dos 38 ministros reunidos em conselho durante mais de duas horas e meia, segundo uma fonte oficial.

O texto, de 31 artigos, se transforma assim em projeto de lei e será apresentado ao Parlamento, que se pronunciará definitivamente sobre o assunto no dia 24 de novembro.

"Os acordos que abrangem a segurança e as relações econômicas, políticas e diplomáticas não serão possíveis se as condições de segurança não melhorarem bastante", destacou o porta-voz da Casa Branca.

"Este avanço foi possível graças ao formidável trabalho dos soldados americanos, à coragem do povo iraquiano e à maior capacidade das forças de segurança do Iraque", acrescentou.

"Ainda há muito a fazer, mas as forças americanas voltarão para casa aos poucos e até o fim do ano haverá 14 brigadas no Iraque, contra 20 no momento de maior presença militar", indicou Johndroe.

lal-chl/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.