Carteiro faz petição pela inclusão do kilt no uniforme do serviço postal americano

SEATTLE - Um carteiro de 1m83 e 113kg está lutando pelo direito de tirar suas próprias calças. Dean Peterson pede ao Serviço Postal dos Estados Unidos que inclua a opção de kilts (saias escocesas) para homens em sua linha de uniformes.

AP |

A idéia foi amplamente refutada em julho durante a convenção de seu sindicato, a Associação Nacional de Carteiros que tem mais de 220 mil membros, então Peterson sabe que convencer seus gerentes pode ser uma luta ainda maior, mas pelo menos ele se sente confortável em seu kilt.


Peterson (o primeiro da direita para esquerda) e seus colegas exibem seus kilts / AP

"Trata-se de conforto", ele disse. Por causa de seu tamanho, as calças apertam suas pernas e são incômodas, disse Peterson.

Peterson, 48, tem ascendência finlandesa e norueguesa, mas nenhuma relação com os escoceses. Ele começou a usar kilts há alguns anos quando sua mulher trouxe um de uma viagem à Escócia. (Uma porta-voz do Serviço Postal Real britânico afirmou que kilts não fazem parte do uniforme local.)

Agora Peterson usa a peça onde quer que vá - no jogo de futebol do filho, em shows, ao fazer compras e cuidar do jardim.

"A diferença é a mesma de usar pijamas ou sua roupa de trabalho para dormir", ele disse.

Antes da convenção em Boston, Peterson gastou a restituição fiscal de US$1.800 de sua família para enviar 1.000 cartas e fotografias de si mesmo usando um protótipo do uniforme.

"Roupas assim são muito mais confortáveis e funcionam mais de acordo com a anatomia masculina porque não confinam as pernas ou apertam a genitália como calças ou shorts fazem", ele escreveu. "Por favor, abram seus corações para uma opção confortável nos uniformes dos carteiros".

O comitê executivo do sindicato recomendou a desaprovação, dizendo que não havia demanda suficiente para o uso de kilts ser levado adiante e os delegados concordaram.

Mas Peterson disse que poucos dos uniformes aprovados são realmente usados, como blusas de lã, casacos e capacetes. Ele afirmou que muitos delegados o apoiaram depois que a solicitação foi negada.

"Eu fiquei tão impressionado com a negativa que decidi levar isso à próxima convenção em 2010 em Anaheim, Califórnia", ele disse.

Leia mais sobre kilt

    Leia tudo sobre: ap

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG