Carro-bomba mata sete policiais no Paquistão

PESHAWAR - Pelo menos sete membros das forças de segurança paquistanesas morreram na explosão de um carro-bomba na madrugada deste sábado nos arredores da cidade de Peshawar, no noroeste do Paquistão, informou a polícia. A agência AP afirmou que um civil que passava pelo local também morreu na explosão.

Redação com agências internacionais |

Reuters
Explosão atingiu carro de polícia próximo ao local

Explosão atingiu carro de polícia próximo ao local

Moradores da cidade de Badaber alertaram a polícia sobre um carro estacionado em uma estrada com um homem morto em seu interior.

Quando os agentes se aproximaram do veículo, tudo explodiu, disse à AFP o chefe da polícia local, Gran Ullah. "Cinco policiais e dois soldados morreram na explosão", acrescentou Ullah.

Até o momento, nenhum grupo reivindicou o atentado, mas a zona é conhecida por ataques de militantes talibãs.

Em comunicado, o primeiro-ministro paquistanês, Yousef Razá Gillani, condenou o ataque e ordenou o início de uma investigação sobre o ocorrido.

Trata-se do maior atentado no Paquistão desde terça-feira , quando um comando terrorista atacou o comboio da seleção de críquete do Sri Lanka e matou sete pessoas.

(Com informações da AFP, da AP e da EFE)

Leia também:


Leia mais sobre Paquistão


    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG