PESHAWAR - Pelo menos sete membros das forças de segurança paquistanesas morreram na explosão de um carro-bomba na madrugada deste sábado nos arredores da cidade de Peshawar, no noroeste do Paquistão, informou a polícia. A agência AP afirmou que um civil que passava pelo local também morreu na explosão.

Reuters
Explosão atingiu carro de polícia próximo ao local

Explosão atingiu carro de polícia próximo ao local

Moradores da cidade de Badaber alertaram a polícia sobre um carro estacionado em uma estrada com um homem morto em seu interior.

Quando os agentes se aproximaram do veículo, tudo explodiu, disse à AFP o chefe da polícia local, Gran Ullah. "Cinco policiais e dois soldados morreram na explosão", acrescentou Ullah.

Até o momento, nenhum grupo reivindicou o atentado, mas a zona é conhecida por ataques de militantes talibãs.

Em comunicado, o primeiro-ministro paquistanês, Yousef Razá Gillani, condenou o ataque e ordenou o início de uma investigação sobre o ocorrido.

Trata-se do maior atentado no Paquistão desde terça-feira , quando um comando terrorista atacou o comboio da seleção de críquete do Sri Lanka e matou sete pessoas.

(Com informações da AFP, da AP e da EFE)

Leia também:


Leia mais sobre Paquistão


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.