Carro-bomba explode em Peshawar e deixa 9 mortos

Da cidade sai a passagem estratégia que liga o Paquistão ao Afeganistão

EFE |

Islamabad - O atentado ocorreu no bairro de Badbair, perto de um posto policial, segundo a fonte, que não pode especificar se entre os mortos há agentes da Polícia. As forças de segurança isolaram a zona e o primeiro-ministro paquistanês, Yousuf Raza Gillani, após condenar o ataque reiterou o compromisso do seu Governo em acabar com o terrorismo.

Há dois dias, seis pessoas morreram, entre elas quatro policiais, e 18 ficaram feridas em outro ataque suicida com uma posterior explosão também em Peshawar, a capital da província de Khyber-Pakhtunkhwa. A província montanhosa e as áreas tribais adjacentes, na fronteira com o Afeganistão, são uma das zonas mais atingidas pelo terrorismo no Paquistão.

De Peshawar sai a estrada que leva à estratégica passagem de Khyber, que liga o país ao Afeganistão, onde grupos insurgentes e criminosos lutam pelo controle de uma via pela qual circulam as provisões para as tropas internacionais desdobradas no país vizinho. Segundo relatório do Instituto de Estudos para a Paz do Paquistão (PIPS), em 2010 foram registrados 2.113 ataques insurgentes, terroristas ou de teor sectário, que mataram 2.913 pessoas e deixaram outras 5.824 feridas.

    Leia tudo sobre: paquistãoexplosãoatentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG