MADRI (Reuters) - Um carro-bomba explodiu perto de um centro de convenções em Madri, depois de um telefonema supostamente dado pelo ETA ter alertado para o ataque. Ninguém se feriu, informaram a polícia e os serviços de emergência. A bomba explodiu perto de Campo de las Naciones, por volta das 9h (horário local -- 6h no horário de Brasília), quebrando janelas, segundo um porta-voz da polícia. Perto dali, há um prédio ocupado pelo grupo Ferrovial, do setor de infraestrutura.

A explosão aconteceu depois que a Suprema Corte espanhola proibiu na noite de domingo partidos nacionalistas bascos Democracia 3 Millones e Askatasuna de participar das eleições regionais no País Basco, em março, devido a suas ligações com o grupo rebelde ETA.

(Reportagem de Manuel Maria Ruiz)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.