Carro atropela público e mata 5 em desfile da família real holandesa

(Atualiza número de mortos e inclui informações sobre o estado do agressor) Bruxelas, 30 abr (EFE).- Cinco pessoas morreram e 12 ficaram feridas após serem atropeladas hoje na cidade holandesa de Apeldoorn durante o desfile do Dia da Rainha, no qual participava a família real do país.

EFE |

A imprensa holandesa confirmou que uma quinta pessoa morreu no hospital. Ela se soma aos dois homens e duas mulheres cujas mortes já haviam sido informadas.

Os médicos mantêm sua preocupação com o estado de saúde do motorista do veículo. Após ser operado, ele continua em situação crítica.

O agressor é um cidadão holandês de 38 anos. Ele confessou ter agido de maneira proposital, mas não explicou seus motivos, e será acusado de tentativa de atentado contra a Chefe de Estado - no caso, a rainha Beatrix.

As autoridades relataram que o agressor não tem antecedentes penais nem problemas psiquiátricos.

O incidente ocorreu no momento da passagem do veículo conversível no qual a rainha Beatrix e sua família trafegavam pelas ruas de Apeldoorn, a 90 quilômetros de Amsterdã.

Um carro preto furou um cruzamento em alta velocidade e atingiu parte do público que assistia ao desfile para depois bater contra uma coluna, segundo as imagens divulgadas pela televisão.

As celebrações do Dia da Rainha foram canceladas tanto em Apeldoorn como nas cidades de Roterdã e Utrecht, mas continuam em Amsterdã e em outros pontos da Holanda com um tom menos festivo.

A rainha Beatrix fez um pronunciamento televisionado para expressar seu pesar e transmitir solidariedade às vítimas e parentes.

"O que começou como um dia tão bonito terminou como um drama", disse a monarca. EFE mr-epn/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG