Caroline Kennedy desiste de candidatura ao Senado

Caroline Kennedy retirou sua candidatura para ocupar a vaga do Senado deixada vacante pela agora confirmada secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, informou o New York Times, nesta quarta-feira.

AFP |

Uma pessoa ligada à Caroline contou que a candidata, filha do presidente assassinado John F. Kennedy, telefonou hoje para o governador de Nova York, David Paterson, acrescentou o jornal.

A fonte explicou que Caroline Kennedy tomou essa decisão por preocupação com o estado de saúde de seu tio, o senador Edward Kennedy, que desmaiou na terça-feira, durante o almoço de posse do presidente Barack Obama.

A ex-candidata deve divulgar uma declaração ainda hoje.

Em caso de vacância de um assento no Senado, cabe ao governador do respectivo estado nomear um substituto, que ficará no cargo até a próxima eleição na Casa, que acontece a cada dois anos.

oh/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG