A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, recomendou na quarta-feira o consumo de porco como alternativa ao Viagra, contando que passou um fim de semana romântico com seu marido e antecessor, Néstor Kirchner, depois de um churrasco com essa carne.

"Acabam de me dizer algo que eu não sabia: comer porco melhora a vida sexual (...). Eu diria que é muito melhor comer um pedaço de porco grelhado do que tomar Viagra", disse Cristina a suinocultores.

Ela então contou que recentemente comeu porco e "as coisas transcorreram muito bem naquele fim de semana, então pode bem ser verdade".

Os argentinos têm o maior consumo per capita de carne bovina, mas o governo tem tentado promover a carne suína como alternativa nos últimos anos, para diversificar o mercado e tentar conter a alta na carne de boi.

"Tentar não custa nada, então vamos lá," disse Cristina no discurso, transmitido pela TV.

Leia mais sobre Cristina Kirchner

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.