Carnaval de Notting Hill acaba em violência

O Carnaval caribenho de Notting Hill, o maior festival de rua da Europa, com um milhão de participantes, terminou na madrugada de segunda para terça-feira com atos de violência, indicou a polícia londrina.

AFP |

Cerca de 50 pessoas provocaram distúrbios e lançaram garrafas e outros objetos contra policiais, ferindo pelo menos um deles, indicou nesta terça-feira a Scotland Yard.

A polícia antichoque atuou durante duas horas na madrugada, após o desfile pelas ruas do bairro de Notting Hill, no oeste de Londres, no qual participaram mais de um milhão de pessoas, cantando e dançando ao ritmo de músicas caribenhas.

"Embora milhares de pessoas tenham participado no carnaval de forma pacífica e alegre, mais uma vez o desfile terminou com uma pequena minoria determinada a provocar incidentes", indicou a delegada de polícia Jo Edwards.

Cerca de 200 pessoas foram detidas por diversas razões entre domingo e segunda-feira, a maioria por crimes relacionados a drogas e consumo de álcool.

Além disso, 151 pessoas foram detidas pela polícia antes do início do desfile por suspeitas de conspiração para causar confusões.

O tema do festival deste ano foi "Celebrando o mundo". O festival nasceu em 1959, graças aos imigrantes das colônias britânicas do Caribe, em protesto contra as violências raciais registradas um ano antes.

Nos últimos anos, o festival vem registrando muita violência. Em 2007, dois adolescentes morreram baleados.

bur/ame/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG