causas humanitárias - Mundo - iG" /

Carla Bruni quer cantar em público por causas humanitárias

Paris, 8 nov (EFE).- Carla Bruni, a esposa do presidente da França, Nicolas Sarkozy, considera a possibilidade de cantar em público por causas humanitárias, embora não tenha planejada nenhuma viagem de promoção de seu último álbum.

EFE |

A ex-modelo e cantora, que lançou em julho seu terceiro disco, disse hoje, em entrevista à rede de televisão pública "Public Sénat", que quer retomar as apresentações, mas não deu datas.

"Como artista, retomarei as viagens quando for possível, talvez quando meu marido não for mais presidente da República, ou bem por causas humanitárias, inclusive durante seu mandato, mas não tenho um programa nesse sentido", disse Bruni.

A primeira-dama da França disse que "não é muito difícil" a tarefa de combinar suas funções oficiais com a paixão pela música e a atividade como cantora.

Bruni lançou em julho "Comme si de rien n'était" ("Como se nada"), seu terceiro álbum, lançado no mercado pela cantora já como esposa de Sarkozy.

"Tenho uma vida muito privilegiada, muito simples, portanto, as funções oficiais junto a meu marido são uma coisa à parte", disse Bruni, que acrescentou: "ainda não criei, embora, bom, esteja nisso, minha própria ação quanto esposa do chefe do Estado". EFE jam/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG