Carla Bruni doará a uma ONG a indenização que recebeu da Ryanair

Paris, 2 abr (EFE).- A primeira-dama da França, Carla Bruni, doará a uma ONG os 60.

EFE |

000 euros de indenização que a companhia aérea Ryanair teve que pagar à ex-modelo por utilizar sua imagem em uma campanha publicitária, informou hoje a organização beneficente.

Além da contribuição da primeira-dama, há outros 60.000 euros doados pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, informou a ONG Les Restos du Coeur, que busca dar alimentos aos pobres.

Em comunicado, a ONG afirma que essa ajuda servirá para "financiar as ações a favor dos mais necessitados".

O casal Sarkozy ganhou um processo contra a Ryanair por haver utilizado sua imagem em uma campanha publicitária.

"Com a Ryanair, toda minha família pode vir a meu casamento", dizia o texto impresso sobre uma foto do casal, publicado na imprensa em janeiro.

Em vez dos 500.000 euros solicitados por Bruni, a juíza impôs uma indenização à companhia aérea de 60.000 euros, enquanto admitiu o 1 euro simbólico pedido por Sarkozy.

Logo após saber da sentença, a ex-modelo italiana informou que doaria o dinheiro à Les Restos du Coeur, com a qual colabora habitualmente. EFE lmpg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG