A primeira-dama da França, Carla Bruni-Sarkozy, de origem italiana, comemorou neste domingo o fato de ter a cidadania francesa após a declaração do chefe de governo italiano, Silvio Berlusconi, sobre o bronzeado do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama.

"Quando ouvi Silvio Berlusconi (...) brincar com o fato de Obama estar 'sempre bronzeado' não me senti a vontade", afirmou a esposa do presidente francês, Nicolas Sarkozy, ao jornal francês "Journal du Dimanche".

"Vamos dizer que estava brincando (...) mas estou muito feliz de ter me tornado francesa", acrescentou.

Em visita oficial quinta-feira a Moscou, Berlusconi disse que Obama, primeiro presidente negro de Estados Unidos, é "jovem, bonito e está sempre bronzeado".

Fortemente criticado pela oposição italiana, Berlusconi se defendeu dizendo que seu comentário foi uma "brincadeira carinhosa" e chamou seus detratores de "imbecis".

frd/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.