Cargueiro Progress M-65 desacopla da Estação Espacial Internacional

Moscou, 14 nov (EFE).- A nave de carga russa Progress M-65 desacoplar hoje da Estação Espacial Internacional (ISS) e funcionará durante mais de três semanas como laboratório orbital.

EFE |

"A ordem de desacoplamento foi transmitida do Centro de Controle de Vôos Espaciais (CCVE) da Rússia às 19h17 de Moscou (14h17 de Brasília). Três minutos mais tarde, a Progress se separou do módulo russo Zvezda, ao qual se encontrava acoplado desde o dia 17 de setembro de 2008", disse um porta-voz do centro.

Durante seu vôo autônomo, e da mesma forma que foi feito com a Progress M-64, os cientistas russos estudarão, no marco do projeto "Plasma-Progress", as características, tamanho e densidade do plasma que surge pela conseqüência do funcionamento dos propulsores do aparelho, informaram as agências.

Antes da manobra de desengate, a tripulação permanente da plataforma orbital, integrada pelos astronautas americanos Michael Fincke - comandante da missão - e Gregory Chamitoff, e o cosmonauta russo Yuri Lonchakov, carregou a nave com equipamento científico.

EFE egw/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG