Cargueiro dos EUA sequestrado chega ao Quênia sem capitão

Washington, 11 abr (EFE).- O cargueiro de bandeira americana Maersk Alabama, sequestrado esta semana por piratas somalis, chegou hoje às 14h30 (Brasília) ao porto de Mombaça, no Quênia, sem seu capitão, que permanece retido por piratas, informou a rede de televisão CNN.

EFE |

O capitão da embarcação, Richard Phillips, permanece em poder de quatro piratas somalis que o mantêm retido em um pequeno bote salva-vidas a cerca de 450 quilômetros do litoral da Somália.

Os 20 membros da tripulação conseguiram na quarta-feira recuperar o controle do cargueiro, mas os piratas fugiram com o capitão, que se ofereceu como refém para garantir a segurança de seus subordinados.

Mombaça era o destino original do Maersk Alabama, para onde o cargueiro se dirigia para levar uma carga de contêineres de comida do Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU. EFE tb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG