Cardeal que fraturou o fêmur precisará ser operado

O cardeal francês Roger Etchegaray, de 87 anos, que fraturou o fêmur ao cair na quinta-feira - ele estava próximo ao Papa quando uma mulher o derrubou no chão -, precisará sofrer uma cirurgia, informou um porta-voz do Vaticano nesta sexta-feira.

AFP |

O estado de saúde de Etchegaray é bom. Ele permanece internado em repouso no hospital Gemelli, em Roma.

O cardeal francês estava bem atrás de Bento XVI quando Susanna Maiolo, de 25 anos, saltou sobre a barreira de segurança do Papa e o derrubou, quando ele seguia em procissão para a Missa do Galo na Basílica de São Pedro, na noite de quinta-feira.

burs/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG