Carcereiro de Betancourt se declara culpado de narcotráfico nos EUA

Washington, 16 dez (EFE).- O guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) Gerardo Antonio Aguilar Ramírez (César), um dos responsáveis por vigiar a ex-candidata à Presidência da Colômbia Ingrid Betancourt no cativeiro, se declarou hoje culpado das acusações de narcotráfico que enfrenta nos Estados Unidos.

EFE |

"César" admitiu as acusações em uma audiência na Corte do Distrito de Columbia, como confirmou à Agência Efe Carmen Hernández, sua advogada. EFE elv/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG