A polícia colombiana capturou na madrugada desta quarta-feira no noroeste do país Daniel Rendón, o Don Mario, que o governo considera o narcotraficante mais poderoso do país e por quem oferecia uma recompensa de 1,3 milhão de dólares.

"O presidente Alvaro Uribe acaba de receber a notícia no Rio de Janeiro, onde se encontra em reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva", afirmou o assessor de imprensa da presidência colombiana, César Mauricio Velásquez.

O funcionário acrescentou que Uribe manteve comunicação direta com o diretor da polícia, general Oscar Naranjo, para conhecer os detalhes da bem sucedida operação realizada na região de Urabá (noroeste).

cop/cn/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.