O capitão de um navio mercante, Richard Phillips, voltou nesta sexta-feira aos Estados Unidos, onde foi recebido como herói, depois de ter sido mantido refém durante cinco dias por piratas somalis e ser resgatado numa operação militar.

Phillips, de 53 anos, chegou a Burlington, Vermont (norte), num avião operado pela empresa Maersk, proprietária do navio.

O capitão, que se entregou aos piratas em troca da segurança de seu navio e da tripulação, já está junto da família.

sms/ch/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.