Um ponto de passagem no coração de Nicósia, a capital do Chipre dividida entre greco-cipriotas e turco-cipriotas, será aberta na quinta-feira, estabelecendo uma etapa simbólica nos esforços de reunificação da ilha.

"Posso confirmar que a rua Ledra se abrirá na quinta-feira às 09H00" (03H00 de Brasília), declarou à AFP uma fonte diplomática.

O anúncio deve ser confirmado ainda nesta quarta-feira pelo secretário-geral adjunto para assuntos políticos da ONU, o americano Lynn Pascoe, que visita o Chipre.

O Chipre está dividido desde a invasão pela Turquía do norte da ilha en 1974, após um golpe de Estado dos nacionalistas greco-cipriotas respaldados por Atenas, que queriam se unir à Grécia. A República Turca do Chipre do Norte (RTCN), autoproclamada em 1983, é reconhecida apenas pela Turquia.

Após anos de paralisia nas negociações, a eleição de um novo presidente greco-cipriota em fevereiro, o comunista Demetris Christofias, reativou a esperança de uma solução negociada.

Após um encontro no dia 21 de março entre Christofias e o líder turco-cipriota Mehmet Ali Talat, os dois anunciaram o início de negociações em junho para alcançar a reunificação.

Também se comprometeram a abrir rapidamente um ponto de passagem com forte caráter simbólico, a rua Ledra, no coração da cidade antiga de Nicósia.

cc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.