covarde assassinato - Mundo - iG" /

Capitã de Polícia afegã morre em atentado e UE condena covarde assassinato

Paris, 28 set (EFE).- Os talibãs afegãos mataram hoje com vários tiros a mulher que ostentava a mais alta categoria na Polícia do Afeganistão, Malalai Kakar, informou à Efe uma fonte oficial, em um ato que gerou a condenação da União Européia (UE), que considerou o ataque um covarde assassinato.

EFE |

O atentado ocorreu no começo da manhã quando Kakar, de 41 anos e que dirigia o Departamento de Crimes contra a Mulher de Kandahar, se deslocava de carro pela área de Chounai com um dos filhos e o motorista, quando dois desconhecidos de motocicleta dispararam contra eles, declarou o porta-voz da Polícia Zalmai Ayubi.

O filho de Kakar ficou gravemente ferido no ataque, acrescentou a fonte.

Em comunicado, a Presidência francesa da UE prestou homenagem ao "pesado tributo pago pelas forças da ordem afegãs em seu combate contra a violência que ensangrenta o país".

Lembra também o "compromisso da União Européia de lutar a seu lado contra o terrorismo para permitir ao povo afegão viver em paz, de forma soberana e democrática".

Além disso, expressou suas condolências à família de Kakar e sua solidariedade com as autoridades e o povo afegãos. EFE pdp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG