O cão farejador da polícia britânica Max ajudou a colocar muitos bandidos atrás das grades nos seus anos de serviço. Mas o excesso de atividade e uma predisposição genética fizeram com que o cão policial desenvolvesse artrite e hoje ele precisa de ajuda até para andar.

Até pouco tempo atrás, a opção seria sacrificar o cachorro, mas Max acabou ganhando uma carroça feita sob encomenda que o ajuda a se movimentar.

Sem as rodas, o cachorro não pode nem ficar de pé por muito tempo. Com elas, ele encara qualquer terreno ao lado dos novos donos, dois inspetores da polícia.

Um deles, Mike Ashwin, afirma que o mecanismo com rodas deu a Max uma boa qualidade de vida e que ele agora está feliz.

A inspetora Anne Higgins diz que o cachorro teve um papel importante para a prisão de traficantes de drogas, então é justo que a instituição dê a ele uma aposentadoria tranqüila no sul da Inglaterra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.