Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Cão labrador de Putin ganha colar com monitoramento via satélite

MOSCOU - Koni, a labradora preta do primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, ganhou um colar que vai permitir ao premiê rastrear seus movimentos via satélite. Putin participou de uma reunião de autoridades que discutiam as qualidades do novo sistema russo de posicionamento global via-satélite GLONASS para monitorar gado e animais selvagens.

Reuters |

AP

Putin e a labradora preta

"Posso usar isso na minha cadela?", perguntou ele, de acordo com a transcrição da reunião publicada no site da governo.

O vice-primeiro-ministro Sergei Ivanov, um amigo próximo de Putin, disse que o colar, que pesa 170 gramas e é equipado com transmissores, já estava à disposição de Koni há algum tempo e que agora seria o momento para testá-lo.

O colar foi imediatamente colocado na cadela.

"Ela parece triste", disse Ivanov. "Sua liberdade acabou".

"Ela está abanando o rabo. Isso significa que ela gostou", argumentou Putin.

O governo prometeu tornar o GLONASS, inicialmente projetado para o uso militar, acessível para civis, mas ainda há poucos aparelhos compatíveis atualmente.

Leia mais sobre Putin

Leia tudo sobre: putin

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG