CanWest declara moratória de sua divisão de jornais

Toronto (Canadá), 8 jan (EFE).- A CanWest Global Communications, um dos maiores grupos de comunicação do Canadá, declarou hoje a moratória de sua divisão de jornais e disse que tem um acordo para sua venda a um grupo de detentores de dívida assegurada.

EFE |

Os periódicos afetados são alguns dos principais do país (entre eles "Ottawa Citizen", "Calgary Herald", "Vancouver Province" e "Montreal Gazette"), mas a suspensão não afeta o maior do grupo, o "National Post", nem a divisão de canais de televisão.

A CanWest Global Communications também assinalou que apesar de ter um acordo de venda da divisão de jornais, está aberta a receber propostas de aquisição de outros possíveis compradores.

A empresa disse através de um comunicado que a moratória e efetuar a venda da divisão através dos tribunais canadenses "representa a melhor alternativa para os interesses a longo prazo do grupo, seus aproximadamente 5.300 empregados, provedores, clientes e outras partes interessadas".

A CanWest se declarou em quebra em outubro de 2009, após chegar a um acordo com seus credores para reestruturar a dívida da companhia, que chega a cerca de quatro bilhões de dólares canadenses (cerca de US$ 3,720 bilhões), mas tinha excluído sua divisão de periódicos do processo. EFE jcr/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG