Uma das mais importantes e respeitadas vozes da música latino-americana de todos os tempos, a cantora argentina Mercedes Sosa (73 anos) foi hospitalizada nesta segunda-feira em Buenos Aires com um quadro de pneumonia e desidratação, informou o músico Fabián Matus, filho da artista.

Ela é considerada uma das intérpretes mais representativas do cancioneiro popular argentino e da América Latina, tendo gravado 40 álbuns durante a carreira de mais de quatro décadas.

Mercedes Sosa alcançou projeção internacional a partir dos anos 70; foi ameaçada em seu país pela militância comunista e precisou exiliar-se na Europa durante a ditadura (1976-1983).

Sua carreira no Brasil foi impulsionada por Milton Nascimento, com quem gravou a faixa "Volver a los 17" do álbum "Geraes" de 1976. Mercedes Sosa também gravou com outros nomes da MPB, entre eles: Caetano Veloso, Chico Buarque e Gal Costa.

jos/dm/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.