Cantora de 92 anos chega ao topo da parada britânica

A cantora britânica Vera Lynn, de 92 anos, está no topo da parada de álbuns desta semana no país. Com isso, Lynn, que é conhecida como a queridinha dos soldados por ter cantado para as tropas durante a Segunda Guerra Mundial, é pessoa viva mais velha a chegar ao primeiro lugar do ranking dos mais vendidos.

BBC Brasil |

AP
Vera Lynn, em foto de 2005
Vera Lynn, em foto de 2005
A coletânea We'll Meet Again - The Very Best of Vera Lynn ("Nós vamos nos encontrar novamente - O melhor de Vera Lynn, em tradução literal) foi lançada para coincidir com os 70 anos do início da Segunda Guerra.

O disco já vinha subindo posições nas últimas semanas, e agora acabou derrubando o campeão da semana passada, Arctic Monkeys, para o quarto lugar.

'Surpresa'

Em entrevista à BBC, Lynn se disse "surpresa" com a notícia. "Nunca sonhei que o álbum estaria nas paradas, muito menos no primeiro lugar", afirmou. "Mas é isso: a gente nunca sabe o que nos espera, não é?".

Apesar do sucesso, Lynn insiste que seus dias de cantora acabaram e que não pretende voltar a gravar.

Os Beatles também marcaram seu lugar entre os Top 10 desta semana, dias depois da chegada às lojas de todos os seus discos em versão remasterizada.

Sgt Pepper's Lonely Hearts Club Band ficou em quinto lugar, seguido de Abbey Road, na sexta posição, Revolver, em nono, e Rubber Soul, em décimo.

As outras estreias da semana - Jamie T., como álbum Kings and Queens, e The Cribs, com Ignore The Ignorant - ficaram em segundo e em oitavo lugar, respectivamente.

Leia mais sobre música

    Leia tudo sobre: música

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG