Candidato opositor lidera resultado das eleições na Zâmbia

Lusaka, 31 out (EFE).- O líder opositor Michale Sata lidera os resultados das eleições presidenciais realizadas ontem na Zâmbia, ao serem conhecidos os primeiros dados parciais da apuração, iniciada ao fechar-se as urnas, informou a Comissão Eleitoral.

EFE |

Com cerca de 13% de cédulas apuradas, Sata, líder da Frente Patriótica, tem cerca de 180.000 votos e o candidato governista do Movimento pela Democracia Multipartidária (MMD), o presidente interino Rupiah Banda, chega aos 96.000.

Até agora foram computados os votos em 19 dos 150 distritos eleitorais, dos quais Sata conseguiu a vitória em 16 e Banda em três, e espera-se que os resultados definitivos sejam anunciados durante o próximo fim de semana.

Os outros dois candidatos, Hakainde Hichilema, da Aliança Democrática Unida (UDA) e Godfrey Miyanda, do Partido Tradicionalista, estão muito distantes dos dois primeiros.

Os observadores eleitorais expressaram sua decepção pela baixa participação neste pleito antecipado, já que, segundo cálculos iniciais, cerca de 60% dos eleitores registrados nas áreas rurais e 45% nas zonas urbanas foram votar.

Cerca de 4 milhões de eleitores, de uma população de 12 milhões de pessoas, estavam registrados para votar e calcula-se que cerca de 2 milhões foram às urnas.

Este pleito extraordinário teve que ser convocado após a morte em agosto do presidente Levy Mwanawasa, que faleceu por causa de um derrame cerebral sofrido dois meses antes.

O candidato que vencer ocupará a Presidência até 2011, quando terminaria o mandato de Mwanawasa, quando então deverão ser realizadas novas eleições para um período de cinco anos.

Sata afirmou ontem, após depositar seu voto, que as eleições estavam "arranjadas" e afirmou que não aceitaria um resultado que não admitisse sua vitória.

O Exército da Zâmbia advertiu que está em alerta e que não admitirá atos de violência de nenhum tipo após a divulgação dos resultados das eleições. EFE mc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG