Candidato laico vence disputa com ultra-ortodoxos por prefeitura de Jerusalém

JERUSALÉM - O candidato laico Nir Barkat venceu a disputa pela Prefeitura de Jerusalém com 52% dos votos, contra 43% para o ultra-ortodoxo Meir Porush, nas eleições locais realizadas nesta terça-feira, segundo os resultados anunciados nesta quarta-feira.

Redação com agências internacionais |

Acordo Ortográfico

Os dados foram publicados após a apuração de 703 das 707 urnas, que ficaram abertas até as 22h locais. A taxa de participação em Jerusalém pouco antes do fechamento dos locais de votação era de 42%.

O terceiro candidato na disputa, o milionário russo Arcadi Gaydamak, do Partido da Justiça Social, recebeu somente 3,6% dos votos.

AP

Barkat: novo prefeito de Jerusalém
Barkat, um empresário de 49 anos que concorreu como candidato independente, anunciou sua vitória com a metade de votos apurados. "Desde esta manhã sou o prefeito de todos os os moradores de Jerusalém", disse o candidato eleito, segundo a imprensa local.

Barkat ressaltou em seu discurso que Jerusalém é a "capital eterna do povo judeu" e "pertence à esquerda e à direita, aos religiosos e aos seculares". "Jerusalém ganhou", declarou Barkat.

"Esta vitória é de todos os que amam e apreciam nossa incrível cidade", acrescentou o prefeito eleito, que terá mandato de cinco anos, com possibilidade de reeleição.

Durante a campanha, Barkat adotou um tom duro e rejeitou qualquer concessão, dentro de um futuro acordo de paz, aos palestinos que vivem na parte oriental de Jerusalém, ocupada e anexada por Israel em 1967.

Os palestinos de Jerusalém Oriental - 250.000, quase um terço da população - boicotaram a eleição municipal, como fazem desde a ocupação da parte árabe da cidade, após a Guerra dos Seis Dias de junho de 1967.

Desde 2003, a prefeitura de Jerusalém é comandada por Uri Lipolianski, um ultra-ortodoxo que não tentou a reeleição.

Assista ao vídeo sobre as eleições em Jerusalém

Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG